DÉCOLLAGE

Daniel Castellanos Reyes

Encontrándose como extraño y errante en Curitiba, Daniel busca despegar fragmentos de carteles en la ciudad para elaborar posteriormente un paisaje psico-geográfico en Tardanza. Este ejercicio se plantea a partir de los distintos recorridos que realizará en su estancia en Curitiba y que con el paso de los días construirá.  Acompañando las distintas acciones que esto requiere, se llevará a cabo un registro en video que dará fe de las actividades realizadas en la ciudad y su fabricación dentro del espacio de exhibición. 

Este proyecto da continuidad a una serie de intervenciones tanto en espacio público como privado que he realizado con Burdel.

      "Hubble e Universos" - Manoel Veiga no espaço tardanza  

O artista pernambucano radicado em São Paulo, Manoel Veiga, realiza mostra individual no Espaço Tardanza, em Curitiba. Ele apresentará trabalhos das suas séries mais recentes em fotografia, a “Hubble” e a “Universos”. O espaço tardanza, coordenado pelas artistas Eliana Borges e Joana Corona, funciona como ateliê aberto para compartilhar processos e trabalhos/pesquisas, desde 2011, e o intuito é o atravessamento/trânsito entre o visual, o literário, a videoarte, a performance, etc.

Na série “Hubble”, o artista manipula digitalmente fotografias astronômicas, partes do espaço real, do cosmos, transformando-as no computador de forma a criar novo espaço fictício cuja estrutura se relaciona diretamente ao seu trabalho em pintura onde sua técnica particular, influência de sua formação em engenharia eletrônica com passagem pela física, consiste em apropriar-se de fenômenos da natureza (difusão, gravidade, etc.) e usar as propriedades químicas dos pigmentos para gerar o deslocamento da tinta sobre a tela.

Na série “Universos”, a mais recente, parte de fotos de detalhes de suas pinturas para retrabalhá-los em computador e gerar um resultado que aponta para estruturas cosmológicas, espécie de caminho inverso ao da série “Hubble”.